08/06/17 10:40 Foto: Divulgação

FAET lança edital para credenciamento de prestadores de serviços de Consultoria Técnica

A presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Tocantins (FAET), senadora Kátia Abreu, lança edital de Credenciamento de Pessoas Jurídicas para integrar o Cadastro de Prestadores de Serviços de Consultoria Técnica.

 

A empresa contratada deverá apresentar os documentos de um profissional pertencente ao seu quadro técnico, com certificado ou diploma devidamente registrado e reconhecido pelo Ministério da Educação de curso superior em Agronomia ou Administração com especialização na área de Economia ou Ciências Econômicas, e/ou um profissional com qualificação técnica ou superior em Informática, com domínio em elaboração de tabelas, gráficos, tabulação nos programas de World, PowerPoint e Excel.

 

O processo de credenciamento será organizado e conduzido pela FAET, todas as comunicações e andamentos do processo poderão ser acompanhados pelo site, as inscrições serão realizadas no período de 07 a 23 de junho de 2017.

 

As Pessoas Jurídicas que desejarem participar do processo de credenciamento, deverão entregar na sede da FAET, situada na Quadra 402 Norte, Av. Teotônio Segurado, conjunto 01, lote 1A, Cep: 77.006.378, na Superintendência, com o responsável Frederico Sodré dos Santos, em dias úteis das 08h00min às 12h00min e das 14h00min às 18h00min, os documentos de credenciamento (ficha de inscrição, habilitação técnica e jurídica) em envelope devidamente identificado com a razão social e CNPJ. Maiores informações: 3219- 9256.

 

Conheça o edital no site:

http://www.faetrural.com.br/pagina-credenciamentos-edital-de-credenciamento-n-0001-2017.html

Compartilhe

RELACIONADAS

Óleo coletado na Agrotins será doado para Fazenda da Esperança Feminina

O óleo foi usado pelos estabelecimentos no ramo de alimentação durante a Feira e recolhido por meio

Ruraltins ministra palestra para produtores de mandioca em Figueirópolis

A palestra integra uma das ações do Governo para fomentar a cadeia produtiva no Tocantins, com foco

Cultivo do maracujá é alternativa de aumento de renda

O cultivo do maracujá necessita de mão-de-obra constante, o que gera emprego na região produtora.

Deixe seu comentário