O judoca peso leve (-66kg) do PJC, Jonas Ribeiro, ficou na terceira colocação da competição.

12/06/17 16:51 Foto: Arquivo Pessoal

Atleta da Palmas Judô Clube vai ao pódio na final do Campeonato Brasileiro

O Tocantins marcou presença no pódio da categoria Sub-18 da etapa final do Campeonato Brasileiro de Judô, disputado neste último final de semana, quando o judoca peso leve (-66kg) da equipe Palmas Judô Clube (PJC), Jonas Ribeiro, ficou na terceira colocação da competição. O evento foi realizado no Centro Pan-Americano de Judô (CPJ) da Confederação Brasileira de Judô (CBJ), localizado em Lauro de Freitas, na Bahia.

 

Apesar da importante conquista, o competidor se mostrou insatisfeito com o resultado obtido. “Este não foi o resultado esperado, mas, agora, é levantar a cabeça e seguir em frente. Agradeço a Deus, aos meus pais, aos meus Senseis [Celso Galdino e Hilton Oliveira], à Fejet [Federação de Judô do Estado do Tocantins] e a todos os envolvidos por tudo”, afirmou Jonas.

 

II Copa PJC

O próximo compromisso competitivo de Jonas e de todos os judocas tocantinenses será a segunda edição da Copa Palmas Judô Clube, que acontece no dia 24 de junho, no Colégio Ulbra, na capital. A competição é válida pela quarta etapa do Tocantinense de Judô e será interestadual, com a previsão de participação de academias de Goiânia, Maranhão, Pará e do Distrito Federal.

 

Além das disputas por medalhas, o evento contará com a palestra do faixa coral de 6º Dan Paulo Duarte, treinador de dois medalhistas olímpicos e uma das grandes referências mundiais na formação de competidores de alto-rendimento.

Compartilhe

RELACIONADAS

Noel dos Reis e Elivanir Barbosa Borges vencem 6ª Corrida dos Advogados

Promovida pela OAB-TO, a 6ª Corrida dos Advogados foi realizada na noite desde sábado, 6 de agosto,

Ronaldo Academy promove tarde de futebol no Parque Cesamar

Crianças e adolescentes que visitarem o Parque Cesamar neste sábado, poderão participar de uma tarde

Corrida do Fogo é realizada em Palmas em comemoração ao Dia do Bombeiro

A competição também arrecadou R$ 7.000 tratamento da menina Mariana, que nasceu com problemas motore

Deixe seu comentário