Com a ação desta quarta-feira a 5ª DPC, somente em 2017, já devolveu aos legítimos donos, aproximadamente 65 aparelhos celulares.

16/06/17 08:39 Foto: Divulgação

Polícia Civil devolve aos donos 24 celulares que haviam sido roubados

 

Na tarde desta quarta-feira, 14, a Polícia Civil, por intermédio da 5ª Delegacia de Polícia Civil de Palmas realizou a devolução, aos legítimos proprietários, de 24 aparelhos celulares que haviam sido roubados ou furtados e foram recuperados, através de investigações, entre o final do mês de maio e começo do mês de junho de 2017, em bairros da região sul de Palmas.

 

Segundo o delegado Evaldo de Oliveira Gomes, titular da 5ª DPC, grande parte dos aparelhos celulares foram roubados a mão armada, em Taquaralto, bem como em bairros da região sul da capital. O delegado ressalta que as investigações que resultaram na recuperação dos aparelhos foram iniciadas, após as vítimas registrarem as ocorrências na delegacia.

 

“Por meio de investigações, conseguimos identificar os indivíduos que estavam na posse dos itens roubados ou furtados e, desta maneira, os mesmos foram autuados por receptação, sendo que os respectivos procedimentos criminais foram encaminhados ao Juizado Especial Criminal”, ressaltou o delegado.

 

Antes de serem devolvidos aos legítimos proprietários, os aparelhos celulares de marcas e modelos diferentes foram submetidos à perícia oficial do estado. Com a ação desta quarta-feira a 5ª DPC, somente em 2017, já devolveu aos legítimos donos, aproximadamente 65 aparelhos celulares, os quais foram recuperados, na região sul de Palmas.

 

Ao fazer a entrega dos celulares recuperados, o delegado Evaldo fez um alerta à população quanto aos procedimentos que devem ser adotados por quem tem um aparelho celular ou qualquer outro bem roubado ou furtado.

 

“As pessoas que são vítimas desse tipo de crime devem ligar imediatamente para o 190 e informar todas as características do bem subtraído, bem como do autor ou autores, a fim de que a Polícia Militar ou a Guarda Metropolitana realizem buscas no sentido de localizar e prender os suspeitos. Todavia, se o bem não for recuperado, é muito importante que a vítima compareça à Delegacia de Polícia Civil mais próxima, munida com a documentação do produto roubado, a fim de que a autoridade policial inicie as investigações com o objetivo de recuperar o objeto”, pontuou o delegado.

 

Compartilhe

RELACIONADAS

Menor de idade confessa estupro de servidora em Palmas

O acusado tem 17 anos e foi apreendido no carro da vítima, que o reconheceu através de fotografia.

Sandoval presta depoimento à PF e é recolhido para a Casa de Prisão Provisória

Foi expedido um mandado de prisão contra o ex-governador, por fraudar licitações públicas.

PM prende homem em Porto Nacional

Homem foi preso após roubar um comércio.

Deixe seu comentário