Os preços dos botijões variam conforme região da capital.

22/09/17 10:16 Foto: Reprodução Atitude TO

Procon autua revendedoras de gás por venda do produto com preços abusivos

 

A Superintendência de Proteção aos Direitos do Consumidor (Procon), realizou uma fiscalização em agosto constatou que 17 estabelecimentos vendiam gás para os clientes com valores acima do permitido. Durante a abordagem foram percebidas diferenças de até R$ 8 no preço final do produto em relação ao valor máximo permitido.


O gerente de fiscalização do órgão, Magno Silva, disse que atualmente os preços podem variar entre R$70 e R$ 85. Magno explicou que a variação depende da região onde o produto é comprado. "Na região das Arnos é possível encontrar botijões por R$72 e na região central tem gás de R$78. Só após analisar as documentações é possível saber se os preços são abusivos", conta.


O Procon informou que no início do mês de agosto a Petrobras reajustou em 6,9% o preço do botijão de 13 kg. “Segundo a estatal, se o reajuste fosse, integralmente, repassado aos consumidores o preço do botijão teria seu valor elevado em até R$ 1,29, mantidas as margens de distribuição e de revenda e as alíquotas de tributos”, disse o gerente. Após a revista os estabelecimentos receberam prazo para apresentar documentos e se adequarem aos valores.

 

 

(Com informações G1 Tocantins)

Compartilhe

RELACIONADAS

Sebrae lança edital para startups

Sebrae apoia startups com até R$10 mil pelo Programa de Pré-aceleração SEBRAE, para estimular o dese

Sebrae promove caravana para Fenearte em Recife

A caravana, promovida pelo Sebrae, é composta por artesãs que participam do Projeto Mulheres do Toca

Prefeitos e empresários aprovam Fórum de Desenvolvimento Econômico do Tocantins

Com programação voltada para o aprimoramento da gestão pública e empresarial, Fórum foi aprovado por

Deixe seu comentário