O prefeito de Palmas é pré-candidato ao governo do Estado.

09/10/17 09:57 Foto: Reprodução Web

PEC que impediria candidatura de Amastha não valerá para as eleições de 2018

 

Segue tramitando na Câmara dos Deputados em Brasília, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que restrige a brasileiros natos o direito de ocupar os cargos de Senador, Governador, Vice-governador e de Ministro das Relações Exteriores. Proposta pelo então deputado tocantinense, Carlos Gaguim (Podemos), para que a PEC fosse aplicada às eleições de 2018 ela teria que ter sido aprovada até um ano anos do pleito, prazo que se encerrou no último dia 07 de outubro. Com isso, o atual prefeito de Palmas, Carlos Amastha poderá concorrer às eleições para governador.


Amastha está em seu segundo mandato e é apontado como pré-candidato ao governo do Estado. Carlos Amastha foi o único prefeito estrangeiro eleito no último pleito. Negando envolvimento com o que ele chama de "antiga política" do Tocantins, no lançamento da sua pré-candidatura ele disse querer implantar em todo o Estado o modelo de gestão que vem realizando na capital Palmas.

 

 

(Com informações do AF Notícias)

Compartilhe

RELACIONADAS

Comissão pode incluir deputados federais no debate da reforma da Previdência

Parlamentares da AL discutiram uma data viável para um novo encontro, com a participação dos deputad

Governo e Bancada Federal buscam apoio da Funai para construção da Transbananal

Parlamentares federais e Governo do Tocantins estão se mobilizando para que o projeto da BR-242, con

Cinthia destaca transformação de Amastha na educação e pretende seguir legado de João Ribeiro por mais creches

Cinthia Ribeiro (PSDB), afirmou que pretende ajudar o prefeito na atuação por mais creches e escolas

Deixe seu comentário