"O Barulho da Noite" foi escrito por Eva Pereira há 15 anos.

16/10/17 09:57 Foto: Divulgação

Cineasta tocantinense ganha importante edital da Agência Nacional de Cinema

 

A cineasta Eva Pereira saiu novamente vitoriosa com produção cinematográfica que irá projetar o Tocantins no cenário nacional. Desta vez, o longa-metragem "O Barulho da Noite" foi vencedor do Prodecine 01 - Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Cinema Brasileiro, do programa Brasil de Todas as Telas, da Ancine - Agência Nacional de Cinema. O projeto foi contemplado com R$ 2 milhões.

 

Um drama intimista inspirado em fatos reais, o longa conta a história de Maria Luíza (7 anos), que tem sua infância roubada ao descobrir a paixão da mãe pelo ajudante de roça do pai. Apesar da pouca idade, ela sabe que sua família está ameaçada e não conseguirá mais sorrir. Toda sua leveza de criança cederá espaço a um olhar triste e atento, que vê a família se desfazer pelo desencontro de sonhos e objetivos do casal e a chegada anunciada de um intruso.

 

Segundo Eva Pereira, apesar de tratar de um tema forte como o abuso sexual infantil, o filme é leve, trazendo especialmente o cenário das belezas naturais do Tocantins como poesia. "O sol forte do Norte é personagem, o céu estrelado e o pôr do sol que é o mais lindo do País são personagens", declara a cineasta.

 

"O Barulho da Noite" foi escrito por Eva Pereira há 15 anos. "É um projeto que me levou para o audiovisual, que me despertou o desejo de conhecer mais para contar essa história. Neste percurso, fui desenvolvendo novos projetos, mas também amadurecendo a ideia do barulho", conta Eva.

 

Segundo a cineasta, nestes 15 anos de amadurecimento do projeto, ela contou com amigos do Tocantins que fizeram a diferença no roteiro."Neste período, muitas pessoas leram o projeto, ajudaram, me incentivaram e não só deram muitas ideias maravilhosas, como também me deram força nos momentos em que pensei em desistir", lembra Eva.

 

Projeto


O Prodecine 01 contemplou nesta edição 40 longas-metragens, originários de 14 unidades federativas. O único projeto tocantinense representa também a região Norte do País, com mais duas obras do Pará. “O Barulho da Noite” é o primeiro longa-metragem do Tocantins aprovado pelo Prodecine, considerado o mais importante edital para o audiovisual brasileiro. Eva acredita que o reconhecimento é uma forma de inserir mais uma vez o Tocantins na rota dos projetos de cinema em todo o País. "É o Tocantins se profissionalizando ainda mais no cenário do audiovisual. Que o Barulho abra ainda mais portas para que venham novos projetos nessa trilha", torce Eva.

 

Ela lembra que o Estado já vem se projetando no cenário do audiovisual, com importantes produções, como “Corpos Perdidos na Estrada”, de Hélio Brito, “Palmas Eu Gosto de Tu”, de André Araujo, e "O Boneco de Barro e o Rei", de Nival Correia, dentre outros. "Que o Tocantins possa tomar o seu espaço no cenário audiovisual para que os projetos de fora não tomem o nosso espaço.Temos excelentes roteiristas e diretores no Tocantins e está na hora de todos se unirem para ir para a disputa", complementa.

 

Presidente da ATCV- Associação Tocantinense de Cinema e Vídeo, Hélio Brito considera que esta é mais uma vitória dos produtores audiovisuais tocantinenses. "O Barulho da Noite nos enche de orgulho e vai trazer recursos federais para o Tocantins e injetar na sofrida classe artística deste estado, levando o nome e a cultura tocantinense por esse Brasil afora. Eva Pereira, que está com uma série documental para estrear em rede nacional,  agora nos brinda com a aprovação desse longa-metragem de ficção que ganhará as telas de cinema de todo o Brasil, em breve. Digo sempre que, se o Tocantins acreditar mais no Tocantins, dentro de poucos anos seremos um importante polo de produção audiovisual”, conclui Hélio Brito.

 

Longa


O filme é uma produção da Cunha Porã Filmes e MZN Filmes, uma parceria de sucesso de Eva Pereira e os irmãos Mazaron. A parceria é responsável por importantes projetos tocantinenses, como a série "O Mistério de Nhemyrõ", também contemplado pela Ancine (Prodav) e que estreia em cerca de 200 canais de TVs públicas do País até o final do ano, e o curta-metragem"Cotinha da Vila", premiado pelo Ministério da Cultura e que será rodado no mês de novembro.

 

O "Barulho da Noite" terá como diretor de fotografia Fabrício Tadeu, profissional que ganhou o Festival de Gramado neste ano, e contará também com profissionais do Tocantins, agregando um importante intercâmbio. "Teremos um elenco de protagonistas essencialmente tocantinense, valorizando não só as nossas lindas paisagens como também os artistas locais", adianta.

Compartilhe

RELACIONADAS

Exposição fotográfica retrata o Tocantins sob um novo olhar

A exposição integra mais uma edição do projeto TJ Cultural e fica aberta ao público até o dia 17 de

Festival de Miracema terá cantor e ex-líder do Chiclete com Banana Bell Marques

Baiano Bell Marques comanda com muito axé a primeira noite do Miracaxi Festival, nesta sexta-feira,

Sebrae leva artesanato tocantinense para exposição em Goiânia

Artesãos que vão expor no evento são das regiões do Jalapão e da região Sudeste, na 15ª edição da F

Deixe seu comentário