Nove dos 11 médicos com mandado de prisão temporária já foram detidos pela Polícia Federal, dois continuam foragidos

07/11/17 15:52 Foto: Divulgação

Justiça bloqueia mais de R$ 4,5 milhões de envolvidos na 'Máfia do Jaleco'

A Justiça determinou o bloqueio de R$ 4.542.234,52 dos suspeitos de estarem envolvidos do que está sendo chamada de "Máfia do Jaleco", na qual, segundo a Polícia Federal, médicos e empresários se organizaram para fraudar licitações, SUS e Plano de Saúde dos Servidores Públicos Estaduais (Plansaúde).

 

O maior valor bloqueado é do Cardiologista Carlos Alberto Figueiredo Novo, que totaliza mais de R$ 1,38 milhão, em dois bloqueios, um de R$ 701 mil e outro de R$ 684 mil. Ele é seguido pelo também cardiologista Genildo Ferreira Nunes, com quase R$ 1 milhão bloqueados.

 

Lista completa

Carlos Alberto Figueiredo Novo - R$ 1.386.254,15

Genildo Ferreira Nunes - R$ 965.884,39

Andrés Gustavo Sanches Estevão - R$ 523.977,58

Ibsen Suetônio Trindade - R$ 520.315,00

Fábio Dayala Valva - R$ 409.709,00

Marco Aurélio Vilela Borges de Lima - R$ 311.382,10

Silvio Alves da Silva - R$ 129.405,80

Leandro Richa Valim - R$ 73.520,00

Fernando Motta - R$ 72.440,00

Juan Fernando Terrones Carceres - R$ 61.295,50

Antônio Fagundes da Costa Júnior - R$ 53.600,00

Charlston Cabral Rodrigues - R$ 37.364,00

Compartilhe

RELACIONADAS

Fotógrafo morre durante assalto em loja de Gurupi

Cláudio Frascari, de 40 anos, morreu ainda no local após ser baleado nas costas quando tentava pegar

PM detém quatro suspeitos de tráfico de entorpecentes em Palmas e Aguiarnópolis

Com os suspeitos além da droga, foram apreendidas munições e um simulacro de arma de fogo

Em cinco meses Polícia Civil apreendeu 390 quilos de drogas

Segundo dados da Polícia Civil, de janeiro até maio deste ano, 390 quilos de drogas foram apreendido

Deixe seu comentário