O novo acesso possibilitará aos moradores da região norte maior segurança e mobilidade até as áreas centrais da cidade

13/11/17 11:14 Foto: Divulgação

Governo do estado garante que até dezembro parte da avenida NS-15 será entregue à população

 

Até dezembro deste ano será entregue a primeira fase da obra, com terraplenagem, pavimentação asfáltica, duas pontes de concreto armado, cada uma com 66 metros de comprimento e 14 metros de largura; uma galeria tripla de 68 metros de comprimento, restauração de pavimentação, sinalização, passeios com acessibilidade, urbanização, calçada de pedestre, drenagem de águas pluviais, ciclovia e iluminação pública. O novo trecho vai beneficiar comerciantes, empresários, estudantes e também os moradores dos condôminos a beira do lago. 

 

A avenida será destinada ao trânsito de caminhões pesados. Os serviços de terraplenagem e pavimentação asfáltica nas avenidas NS-15 e LO-13 têm como objetivo melhorar o acesso às universidades públicas na Capital e às praias da região central, bem como desviar o tráfego de cargas pesadas do centro da cidade. A extensão das obras envolvendo as duas avenidas é de aproximadamente 17 quilômetros. Destes, 3 km de pista simples e 14 km de pista dupla. 

 

Para o empresário, Gil Barison, a construção da NS-15 será um ganho para toda população, em especial da região norte da cidade. “temos que reconhecer o trabalho do Governador Marcelo Miranda e de toda a equipe técnica que está colocando – a para ‘andar’ a todo vapor,” conclui o empresário. 

 

De acordo com o Diretor de Construção de Obras Rodoviárias do governo do estado, Anilton Lima Junior, esse ano será entregue o trecho que liga a avenida LO-12 até a JK, onde sairá ao lado da UFT e o trecho que ligará as avenidas NS-15 e LO-13 às TOs 050, 010 e 080 deverá ser concluído em 2018. “Com esse período das chuvas, vamos aproveitar para dar andamento a parte de urbanização, já que a parte asfáltica depende da estiagem”, garante Lima. 

 

Outro fator destacado pelo Diretor foi com relação ao serviço de drenagem da água das chuvas, que é em Palmas acaba sendo um grande problema, “estamos focando na parte de drenagem, para isso estamos construindo bocas de lobos que vão levar a água empossada até o lago de Palmas”, conclui Anilton. 

 

O novo acesso possibilitará aos moradores da região norte maior segurança e mobilidade até as áreas centrais da cidade e também as duas universidades públicas da Capital, Unitins e UFT.

 

 

Compartilhe

RELACIONADAS

Quatro destinos do Tocantins para os adeptos do turismo religioso

Para quem quer curtir o feriado religioso, o Tocantins possui uma riqueza de atrativos quando o assu

Saúde decide suspender greve após assinatura do acordo com o Governo

Com essas deliberações os servidores irão manter a greve até a assinatura do acordo, mediante alguma

Governador entrega 37 novas viaturas à Polícia Militar

Ao entregar 37 viaturas, Marcelo Miranda destacou a segurança pública como um dos setores prioritári

Deixe seu comentário