Na hora da despedida, seu Joaquim, apesar da dificuldade em falar, se emocionou e mostrou sua alegria em poder voltar para casa

11/01/18 16:04 Foto: Divulgação

Ao completar 90 anos com festa em UTI, paciente se recupera em casa

 Já instalado em casa, ele se recupera bem ao lado da família

 

Após comemorar seu aniversário de 90 anos com direito a festinha na Unidade de Terapia Intensiva da Intensicare, no Hospital Oswaldo Cruz, em Palmas, o paciente Joaquim Ferreira Pinto deu exemplo de força ao receber alta da UTI nesta semana. Já instalado em casa, ele se recupera bem ao lado da família. A saída do leito da UTI não passou em branco e foi comemorada pelo paciente com a equipe multidisciplinar que cuidou dele por cerca de 20 dias. Conforme o neuropsicólogo da Intensicare, Juarez Dias Lemes, todo progresso é comemorado. O especialista explica que quando um paciente vai deixar a UTI ele recebe certificado de alta, informando que a pessoa conseguiu superar aquele desafio. “No caso do seu Joaquim levamos plaquinhas com mensagens, dizendo que ele é um guerreiro, entregamos bilhetes, tudo isso para estimular o paciente. Para nós da equipe é muito importante celebrar esse momento porque sentimos orgulho, sentimos que cumprimos nossa missão, quando um paciente tem alta”, explica.

 

O neuropsicólogo ressalta o exemplo de recuperação de seu Joaquim, aos 90 anos de idade. “Quem vem para a UTI chega, muitas vezes, com uma visão de morte, mas o nosso trabalho aqui é salvar vidas. Há uma expressão maior do que uma pessoa com 90 anos entrar em uma UTI, em caso grave, receber o tratamento e cuidados intensivos, receber a alta, ter uma qualidade de vida e ter sua saúde restabelecida? Isso é uma vitória muito grande e tem que servir de exemplo e de incentivo para todos nós profissionais da saúde, para cada dia tentarmos dar o nosso melhor, porque nada é impossível. Tudo é uma questão de dedicação. E para o paciente isso também é muito importante, porque ele conseguiu superar aquela etapa. Uma pessoa com 90 anos conseguir restabelecer sua saúde é uma vitória e aqui nós comemoramos tudo”, diz Juarez Dias.

 

Na hora da despedida, seu Joaquim, apesar da dificuldade em falar, se emocionou e mostrou sua alegria em poder voltar para casa e retomar sua vida. “A filha dele até nos enviou uma foto dele sentado em casa, com a mensagem ‘estou com saudades de vocês, mas aqui é meu lugar’. E assim a gente quer que ele permaneça, bem e em família”, conta o neuropsicólogo.

 

Aniversário

 

O mês de dezembro foi marcado por comemorações de aniversários na UTI do Hospital Oswaldo Cruz, em Palmas. Vários pacientes internados completaram nova idade e seu Joaquim foi um dos ganhou festinha com direito a bolo, salgadinhos e as presenças de seus familiares, um dia depois do Natal, ao completar 90 anos.

Compartilhe

RELACIONADAS

Sandoval Cardoso e Ângelo Agnolin estão inelegíveis até 2022

Ação foi vencida pelo MPE que denunciou a chapa por abuso de poder político e econômico nas eleições

Especial Saúde: Você tem dúvidas sobre a catarata?

A doença ocular é a que mais cresce no Brasil por conta do envelhecimento e é a maior causa da cegue

Banda Calcinha Preta faz show no fim de semana em Itacajá

O show faz parte da programação de praia do município. O público ainda poderá participar da tradicio

Deixe seu comentário