Previna-se, toque-se, ame-se!

O movimento Outubro Rosa ao longo dos anos, vem se expandindo cada vez mais, e ganhando força na conscientização das mulheres

No mês de outubro de todos os anos, monumentos no mundo todo e cidades, ficam mais rosa. O movimento Outubro Rosa ao longo dos anos, vem se expandindo cada vez mais, e ganhando força na conscientização das mulheres sobre a importância da prevenção do câncer de mama.

Infelizmente no Brasil, o câncer de mama ainda é o que mais causa morte entre as mulheres, perdendo apenas para o não melanoma segundo o Instituto Nacional do Câncer, já a Organização Mundial de Saúde (OMS) alerta para a continuidade desse cenário, e a incidência da doença no continente americano até 2030, que pode crescer até 46%.

A prevenção é a melhor maneira de fazer essa incidência diminuir. Para que isso aconteça, a luta deve ser constante para conscientizar as mulheres sobre a importância de se conhecer, conhecer seu corpo. Já que detectarmos a doença em seu estágio inicial, é crucial para combatê-la com sucesso.

O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação de células anômalas da mama, que formam o tumor. Como em outros tipos de câncer, o câncer de mama também tem suas variações e tipos de desenvolvimento, alguns mais rápidos outros mais lentos.

Como você mulher pode perceber a doença?

A mulher consegue facilmente reconhecer o câncer de mama pelo sintoma mais conhecido como caroço no seio, que pode vir acompanhado por dor ou não. Outro sintoma é o aspecto da pele, que pode ficar parecida com a casaca da laranja, além de poder surgir vários pequenos caroços embaixo do braço.

Um lembrete: nem todo caroço é um câncer, por esse motivo é tão importante se consultar com um médico ou profissional da saúde e fazer o exame de mama.

É possível descobrir a doença no começo?

Sim, e isso é totalmente possível se você se habituar a se tocar, a se apalpar durante o banho, ou deitada em seu quarto. Ninguém melhor que você mesma para conhecer o seu corpo e suas mudanças.

Toda mulher a partir dos quarenta anos, deve ter a atenção redobrada e procurar um centro de saúde para realizar o exame clínico anualmente, além disso, a partir dos cinquenta anos é preciso fazer a mamografia a cada dois anos.

Lembrando que o serviço de saúde deve ser procurado mesmo não havendo nenhum sintoma, afinal, o objetivo da conscientização é a prevenção.

O que é o exame clínico das mamas?

Além de você mesma fazer o exame na sua casa, é preciso se dirigir ao centro de saúde mais próximo para que um médico ou enfermeiro treinado para esse exame, possa identificar com precisão alguma alteração na mama, e se preciso for, te direcionar para um exame mais específico, como a mamografia.

Mamografia

Nada mais é que um raio x da mama, através dele é possível detectar o câncer quando ainda é bem pequeno, nesse estágio as chances de cura são muito maiores.

Como profissional da saúde, o que tenho para te dizer mulher, é: previna-se, toque-se, ame-se. O autoexame um hábito muito simples para ser colocado em prática. Não o fazer é pagar um preço muito caro, a sua vida!

Marttha Franco Ramos

Secretária Executiva de Saúde de Palmas

Conselheira Federal de Farmácia

FAÇA SEU COMENTÁRIO