Pauta Fiscal de produtos agropecuários no Tocantins ainda está fora da realidade do mercado

Produtor rural está sendo prejudicado, segundo análise da presidente da Faet, senadora Kátia Abreu.

Depois de oito meses de luta da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Tocantins (Faet), para atualizar a pauta fiscal dos produtos agropecuários, conforme os preços de mercado, o governo fez mudanças em alguns produtos, porém, os valores ainda continuam fora da realidade de mercado, ou seja, o produtor rural ainda está sendo prejudicado, segundo análise da presidente da Federação, senadora Kátia Abreu.  

"O feijão caupi (sempre verde), por exemplo, mesmo após a atualização da pauta, está em R$140,00, quando na verdade é comercializado a R$70,00 (saca 60kg). Da mesma forma o milho em grão (saca 60kg), que atualmente o valor da pauta é R$30,00 e o valor de mercado R$22,00". “Comparando com os estados vizinhos, Bahia e Maranhão, a pauta fiscal do Tocantins ainda está acima, o que inibi a competitividade do Estado”, disse a presidente.

Para Kátia Abreu impor o preço de produtos, além de ser atitude desleal, espanta o emprego e investimentos.  “É uma falta de respeito com quem produz. ” Apontou a senadora.

A seguir, Tabela Comparativa da Pauta Fiscal do Estado:

 

PRODUTOS

PAUTA ULTIMOS 10 MESES  

 

PAUTA ATUALIZADA NOS ULTIMOS 8 DIAS

VALOR DE    MERCADO

MILHO EM GRÃO – SC 60 kg

R$ 46,50

R$ 30,00

R$ 22,00

FEIJÃO SACA -60 KG – Caupi sempre verde

R$ 210,00

R$ 140,00

R$ 70,00

SOJA - SACA DE 60 KG

R$ 65,00

R$ 58,00

R$ 55,00

ARROZ EM CASCA - SC - 60 KG – Tipo 1

R$ 68,00

R$ 49,00

R$ 47,00

BOVINO MACHO DE 0 À 12 MESES

R$ 1.100,00

R$ 876,00

R$ 800,00

BOVINO FÊMEA 0 À 12 MESES

R$ 800,00

R$ 700,00

R$ 650,00

BOVINO MACHO DE 25 À 36 MESES - COMUM

R$ 1.838,00

R$ 1.650,00

R$ 1.300,00

BOVINO FÊMEA 25 À 36 MESES - COMUM

R$ 1.439,00

R$ 1.295,00

R$ 850,00

FAÇA SEU COMENTÁRIO