Familiares e amigos mobilizados por Justiça organizam marcha em frente ao TJ

Manifestação acontece por volta das 09:30 em frente ao Tribunal de Justiça

Nesta terça-feira, 13, indignados,  familiares e amigos da professora Danielle fazem uma manifestação para que, o médico Álvaro Ferreira da Silva, acusado de ter matado por estrangulamento a professora seja preso novamente.

Organizações e grupos feministas estarão presentes na manifestação que terá inicio a partir das 09:30 da manhã em frente ao Tribunal de Justiça.

O advogado da família de Danielle, Edson Alecrim informou que terão faixas e camisetas com rosto da professora.

Entenda o acontecido:

O médico Álvaro Ferreira da Silva é acusado de ter matado por estrangulamento a professora que era sua ex-esposa dentro da casa dela na quadra 1004 sul em dezembro do ano passado.

 Ferreira, teve a liberdade preventiva decretada no último dia 7 de março, segundo o juiz titular da 1ª Vara Criminal, Gil de Araújo Corrêa, o médico está com a saúde debilitada, por isso, não consegue cumprir a pena no presídio. A saída dele da prisão causou grande indignação em populares.

De acordo com a sentença Álvaro poderá trabalhar na unidade de saúde onde presta serviços desde que esteja com uma tornozeleira eletrônica.

FAÇA SEU COMENTÁRIO