Município de Guaraí contempla 61 famílias no ‘Projeto Habitat’

Para a nomeação, os documentos devem estar de acordo com as normas do Banco (Caixa Econômica Federal)

Nesta segunda-feira, 12/03, a Prefeitura Municipal de Guaraí, por meio da Secretaria de Assistência Social e Habitação iniciará o processo de entrega de documentos na Caixa Econômica Federal das famílias que formalizaram o preenchimento do cadastro para receberem as 61 casas, do ‘Projeto Habitat’.

 

O Projeto faz parte de um programa da ‘Associação Habitat para humanidade Brasil’ - ONG, com escritório em Guaraí. Entidade organizadora sem fins lucrativos, através de ações de construção e melhoria das casas, além de projetos que promovam o direito à moradia digna e adequada.

 

Foram selecionadas 237 famílias para participarem desta última etapa de classificação ao certame, 61 delas serão nomeadas pela Caixa Econômica Federal até o dia 28 próximo, com intuito de dar continuidade à construção das habitações.

 

A Prefeita Lires Ferneda relatou sobre o impasse das 49 casas que o Banco Cobanza não fez o repasse, para a construção das mesmas, dia 26 de fevereiro com sua ida a Brasília para resolver a questão, o Senador Ataídes Oliveira sensibilizado com a lide, interveio e liberou uma emenda de 500 mil reais, para a finalização dessas habitações. “Gostaríamos de finalizar o ano com a entrega das 110 casas, desses dois projetos, 49 do ‘Alto Bonito’ e 61 do ‘Habitare II’, será um presente de natal muito lindo, fecharemos o ano com chave de ouro,” destacou Lires.

 

Para Ana Carolina Moraes, será um sonho realizado se a documentação passar pelo crivo da Caixa, “eu tenho muita esperança que minha vida mude, pois preciso muito de uma moradia”, ressaltou Carolina.

 

Para a nomeação, os documentos devem estar de acordo com as normas do Banco (Caixa Econômica Federal), o CPF regularizado e as certificações dos documentos verdadeiras. O ‘Projeto Habitat’ é em parceria com a Prefeitura Municipal de Guaraí e o Ministério das Cidades, ´Programa Minha Casa Minha Vida’, para acolher famílias que necessitam de moradia e tenham uma renda familiar de até R$1.800,00.

 

Em contrapartida a infraestrutura do loteamento ‘Habitare II’, onde receberão as casas, ficará por conta do Município, o endereço do empreendimento será no final da Avenida Fortaleza com a Rodovia-Marginal TO-431, em Guaraí.

FAÇA SEU COMENTÁRIO