Sintet protocola ofício a fim de estabelecer diálogo com a nova gestão municipal de Palmas

Sintet envia ofício à Prefeitura Municipal de Palmas

Na manhã da última quarta-feira (04), o Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (SINTET) enviou ofício à Prefeitura Municipal de Palmas, solicitando reunião em caráter de urgência com a prefeita Cinthia Ribeiro, para tratar sobre as demandas da educação municipal.

 

O Presidente Regional do Sintet, Fernando Pereira, destacou que busca estreitar relação com a gestão pública municipal, uma vez que, os direitos da categoria ainda não foram cumpridos. “A gestão Amastha deixou prejuízos no que se refere às seguintes pautas: PCCR (Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração), eleição para diretor, pagamento de titularidades e progressões, uma vez que, vários trabalhadores (as) estão desde 2013 sem receber seus direitos, no entanto, com a nova gestão em exercício, temos esperança que o diálogo seja finalmente estabelecido”, disse.

 

O descumprimento do pagamento das reposições também será uma das pautas discutidas na reunião. ”Outra questão importante é o não pagamento dos dias descontados referente à greve de 2017, ou seja, os (as) trabalhadores (as) repuseram as aulas que foram descontadas em seus contracheques e a Prefeitura não pagou o dinheiro descontado. Além disso, a gestão municipal penaliza os profissionais que tiveram corte de ponto, com a permanência das faltas em suas fichas funcionais. Diante disso, o Sintet já entrou na justiça para cobrar esses direitos, pois temos como comprovar que os (as) trabalhadores realizaram a reposição e cumpriram com seu dever, porém, a Prefeitura de Palmas não fez o mesmo”, concluiu.

 

O Sintet aguarda uma resposta oficial da Prefeitura Municipal de Palmas para que a reunião seja marcada o quanto antes, e as demandas da categoria sejam tratadas.

 

FAÇA SEU COMENTÁRIO