Sindiposto emite nota de repudio em desfavor de postos de combustível

Gasolina em Palmas é a quinta mais cara entre as capitais

O Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Estado do Tocantins (Sindiposto), emitiu nota de repudio nesta sexta-feira, 25, em desfavor dos postos de combustíveis que aumentaram abusivamente os valores do combustível.

Na nota, o Sindiposto se posiciona contra toda e qualquer forma de cobrança indevida por parte dos postos para os consumidores.

Confira:

Nota Sindiposto

O Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Estado do Tocantins (Sindiposto) repudia toda e qualquer forma de cobrança indevida por parte dos postos para com os consumidores.

Na tarde desta quinta-feira o Núcleo de Defesa do Consumidor (Nudecom), setor da Defensoria Pública destinado à defesa dos interesses do consumidor, encaminhou um documento à entidade pedindo que a mesma oriente todos os postos de combustíveis quanto à ilegalidade no aumento dos preços dos combustíveis sob o argumento da paralisação dos caminhoneiros. No entendimento do núcleo, isso configura prática abusiva passível de punição, bem como para resguardar as boas práticas comerciais e os direitos básicos do consumidor.

Em concordância com o órgão o Sindiposto ainda alerta à população que todo e qualquer abuso praticado por parte dos postos de combustíveis no Tocantins deve ser comunicado imediatamente ao órgão de Defesa do Consumidor (Procon).

FAÇA SEU COMENTÁRIO