Irmãs são localizadas morando com rapazes que conheceram na internet

As meninas tem 13 e 15 anos e estavam desaparecidas desde a madrugada do último dia 06 de janeiro.

Duas irmãs que estavam desaparecidas desde o último dia 6 de janeiro, foram localizadas após intensa procura realizada pelos pais das garotas, que viajaram de cidade em cidade, divulgando fotos das filhas, solicitando ajuda à população e das Delegacias e Conselhos Tutelares.

A primeira a ser encontrada foi a filha mais velha, Maria Vitória Alves do Nascimento, de 15 anos, encontrada em Taquaralto, em Palmas, no dia 9 de janeiro. Segundo os pais, ela estava junto com um rapaz menor de idade, e foi identificada pela população que acionou o Conselho Tutelar e informou aos responsáveis, que imediatamente foram resgatar a menina, junto com o Conselho Tutelar de Cariri do Tocantins.

Já a mais nova, Heloísa Alves do Nascimento, de 13 anos, demorou um pouco mais de tempo para ser localizada. Ela foi encontrada entre os dias 22/23 de janeiro, morando com a família do rapaz que havia conhecido na internet, que também é menor de idade, em São Domingos do Araguaia, no Pará.

O Conselho Tutelar da cidade conseguiu chegar até Heloísa, que foi transportada até Xinguara, município do Pará, onde foi entregue aos seus pais. De acordo com os pais, ninguém da família com quem a garota estava foi preso.

Ainda de acordo com os pais, os rapazes que atraíram as garotas são menores de idade, com cerca de 16/17 anos de idade, continuaram enviando mensagens para as adolescentes. “Teve um que mandou mensagem dizendo que tava com saudades, que não conseguia viver sem ela”, informou a mãe, Rosangela Alves Teixeira.

As meninas passam bem e estão com os pais em Cariri do Tocantins, a 234 km da Capital Palmas.

FAÇA SEU COMENTÁRIO