Dia das Mães deve gerar 22,1 mil vagas temporárias no Brasil

O número é uma previsão da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

O comércio costuma ficar mais movimentado no período que antecede o Dia das Mães e, para atender todo esse público, os comerciantes brasileiros devem abrir 22,1 mil vagas de trabalho temporário. O número é uma previsão da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

 

Se confirmada, essa será a maior alta em quatro anos e o salário médio de admissão deve ficar em torno de R$ 1.262. “Em contrapartida, a taxa de efetivação deverá ser menor (4,7%) do que em anos anteriores, já que costuma-se empregar efetivamente cerca de 5,5% das contratações temporárias”, explica a assessora econômica da Fecomércio Tocantins, Fabiane Cappellesso.

 

Expectativas

 

Este não é o único ponto positivo da previsão da CNC para a segunda data mais importante para o comércio. O volume de vendas deve aumentar 3,8% em comparação com o Dia das Mães do ano passado, fazendo deste o terceiro ano consecutivo de crescimento real das vendas.

 

Além disso, a movimentação financeira deve ultrapassar os R$ 9 bilhões. Entre os segmentos que irão se destacar, estão: perfumaria e cosméticos, com avanço de 11,1%; e vestuário, calçados e acessórios, com 10,1%.

 

Outro fator favorável é que, entre os itens avaliados pela pesquisa, pelo menos sete estão mais baratos este ano: maquiagem (-6,3%), tênis (-2,7%), bolsa (-2,2%), perfume (-2%), roupa feminina (-1,8%), CD e DVD (-1,3%) e aparelho telefônico (-1,3%).

FAÇA SEU COMENTÁRIO