Caminhoneiro é preso pela PRF por derrubar propositalmente radar em Araguaína

Motorista foi conduzido para a Polícia Federal em Palmas para os procedimentos cabíveis.

A Polícia Rodoviária Federal do Tocantins recebeu no último sábado, 11, uma denúncia relatando que um caminhão havia, de forma criminosa, derrubado um poste de sustentação de um equipamento eletrônico instalado em Araguaína, causando dano a patrimônio da União. O denunciante repassou todas as características do veículo.

Em seguida, ao comparecer no local a equipe da PRF confirmou o dano e constatou que o caminhão havia realizado manobra criminosa para derrubar o equipamento. No entanto, naquela data não encontraram o suspeito, mas os dados do veículo foram registrados e repassados para todas as unidades operacionais da PRF.

Durante fiscalização da PRF no início da tarde desta quarta-feira, 15, a equipe identificou o veículo e o caminhoneiro suspeito de ter cometido o crime de danoqualificado, no km 497 da BR-153, município de Paraíso do Tocantins. Foi verificado que o caminhão conduzido por um homem de 24 anos, era compatível com o registrado e informado pelo denunciante. 

Ao ser questionado sobre o fato, o caminhoneiro confessou que derrubou propositalmente o equipamento de fiscalização após passar acima da velocidade permitida para o local, que é de 80km/h.

Com isso, o condutor foi enquadrado como autor do crime de dano qualificado de acordo com o Código Penal Brasileiro. Por se tratar de dano ao patrimônio público da União, o autor foi conduzido para a Polícia Federal em Palmas para os procedimentos cabíveis.

FAÇA SEU COMENTÁRIO