Movimentação da quadrilha Miranda chega a R$ 7,5 bilhões

Movimentação financeira investigada pela Justiça chega a R$ 7,5 bilhões

A justiça está investigando a movimentação financeira de R$ 7,5 bilhões pelo ex-governador Marcelo Miranda (MDB), seu pai Brito Miranda e seu irmão Brito Jr e seus laranjas. Os três estão presos desde está quinta-feira, 26, após a Operação 12º tarefa, da Polícia Federal, determinada pela Justiça. (Continua abaixo)

“É uma quadrilha sofisticada, com funções bem definidas e que primava pela utilização de laranjas pelo o cometimento e continuidade das práticas criminosas, encabeçadas por Marcelo, Brito e Juinior Miranda, que sempre tentaram ocultar o seu patrimônio desta forma, que chegou a uma movimentação de R$ 7,5 bilhões nos últimos anos”, afirmou uma alta fonte do judiciário federal tocantinense envolvida nas investigações.

FAÇA SEU COMENTÁRIO