Justiça nega habeas corpus e Marcelo Miranda vai continuar preso

Defesa do ex-governador agora deve recorrer ao Supremo Tribunal Federal em um último esforço para relaxar a prisão de Marcelo Miranda

O Ministro do Superior Tribunal de Justiça, Reynaldo Soares da Fonseca, negou na noite desta teça-feira, 07, liminar para concessão de habeas corpus para o ex-governador Marcelo Miranda (MDB) que está preso desde o dia 28 de setembro acusado de desviar R$ 300 milhões dos cofres públicos.

A última esperança da defesa será um novo pedido de habeas corpus, dessa vez para o Supremo Tribunal Federal. A ideia da defesa é que, uma vez conseguida a soltura de Miranda o benefício seja extendido para o seu irmão Brito Jr, que se encontra em uma cela da CPP de Palmas e para o seu pai Brito Miranda, que foi solto sob fiança devido à sua idade, mas que continua com restrições, como recolhimento noturno e aos fins de semana e a proibição de falar com outros investigados.

QCG

Marcelo Miranda está preso em uma cela de estado maior no Quartel do Comando General em Palmas.

FAÇA SEU COMENTÁRIO